MENU
Terça-feira, 24 de Novembro de 2020

São Valério do Sul: candidata ao legislativo tem registro indeferido

São Valério do Sul: candidata ao legislativo tem registro indeferido

Compartilhe

Com o registro de algumas candidaturas ainda pendente em São Valério do Sul, a Justiça Eleitoral segue analisando as solicitações dos interessados em participar do pleito 2020. Na última quinta-feira, 29 de outubro, houve o indeferimento da candidata do Progressistas, Deise Fernanda Costella. A sentença leva a assinatura da Juíza Eleitoral, Evelise Mileide Boratti.
De acordo com o documento, os motivos alegados para tal decisão é relativo ao fato da referida candidata não ter se ausentado das suas funções no período estipulado em lei, tendo em vista ser funcionária pública. “O TSE na Consulta n. 599 sobre o tema reconheceu que o Presidente de Conselho de Fundo Municipal de Previdência dos Servidores Públicos deve se afastar no prazo de seis meses para concorrer ao cargo de vereador. Destarte, ante a ausência de desincompatibilização da candidata, no prazo legal (6 meses), da função de direção (presidente) do Conselho de Fundo Municipal de Previdência, seu pedido de registro de candidatura deve ser indeferido”.
Em contato com a candidata, a mesma afirmou que está analisando a decisão, junto com seus advogados.
Ainda no sistema de divulgação eleitoral, Divulgacand, consta a candidatura de Nilza Cipriano e Mathias Charque Cipriano, ambos do MDB, os quais constam como indeferidos com recurso, logo ainda aguardam decisão da justiça.
Também há a situação do candidato Wanderlei da Silva, que aguarda deferimento, sendo este o nome escolhido para substituir Ivo da Silva, que renunciou à candidatura.

error: Content is protected !!