Política

Santo Augusto: Vice-prefeito Marcelo Both comandou prefeitura durante férias do prefeito Naldo

Prefeito Naldo reassumiu na tarde de ontem, dia 10

Desde o dia 02 de janeiro, pelo período de 15 dias, durante as férias do Prefeito Naldo Wiegert, de Santo Augusto, o vice-prefeito Marcelo Both está no exercício do cargo de prefeito. Em conversa com a reportagem, Marcelo disse que nesses dias no comando do Poder Executivo nada fará diferente do que já vinha sendo feito, apenas dará continuidade ao que vem sendo feito, uma vez que sempre acompanhou e participou ativamente das ações desenvolvidas pelo prefeito Naldo.

Marcelo destaca que as ações de governo, da atual gestão, começam a acontecer efetivamente agora, em 2019, quando serão concretizados os trabalhos relacionados aos projetos levados a efeito nos anos de 2017 e 2018, mormente quanto a liberação definitiva do financiamento conseguido junto ao Badesul, imprescindível para dar conta das demandas elencadas nos projetos.

O prefeito em exercício referiu que graças a esses recursos, dentro de 20 ou 30 dias a municipalidade vai receber um caminhão, máquinas, uma escavadeira hidráulica. Referiu também várias ações que estão sendo desenvolvidas, entre elas a instalação do videomonitoramento que cobrirá principalmente a área central da cidade, cujos trâmites do projeto foram iniciados em 2017.

No próximo mês de fevereiro o prefeito Naldo irá a Brasília levando em mãos alguns projetos, entre eles, o da Usina de Reciclagem de Lixo e o das duas pontes sobre o Rio Turvo que ligam ao município de Coronel Bicaco. Quanto ao projeto da usina, vai se começar ou recomeçar todo o trabalho, porque o que era pretendido no governo anterior não se concretizou, comentou Marcelo.

Quanto as perspectivas para 2019, o vice-prefeito e prefeito em exercício disse que a questão chave é a estrutura, as condições de máquinas e equipamentos, principalmente, da Secretaria de Obras, uma vez que a existente é a mesma de 20 anos atrás, com raras alterações. “O município não tem condições de prestar um serviço para a comunidade quando se tem um parque de máquinas ou uma forma de trabalhar como a que nós estamos tendo”, confessa Marcelo. Então, dois anos se passaram e se tentou mudar a forma de trabalharmos e a forma de oferecermos os serviços públicos. Foi pensando nisso que administração municipal buscou em 2017 e conseguiu em 2018 os financiamentos e as respectivas licitações levedas a efeito, e “agora em 2019, vamos mudar a forma de prestarmos o serviço”, garante o prefeito em exercício.

Também, apontado por Marcelo como meta para 2019, é a solução de um problema crônico em Santo Augusto: “o recolhimento do entulho”. Para tanto, foi adquirido um caminhão poliguindaste e 40 caçambas ou caixas metálicas estacionárias para transporte de entulhos.

Outro grande desafio para 2019 é a construção ou reconstrução das estradas do interior. Para isso, o município está adquirindo (já saiu a licitação), um britador e também vai adquirir uma pedreira e fazer um trabalho diferenciado, porque até agora, em todos os tempos, os prefeitos colocaram o tradicional cascalho nas estradas, mas nunca foi conseguido resolver o problema. Então chegou o momento da solução, sustenta Marcelo, com condições e formas de fazer um trabalho diferenciado, eficaz e duradouro, de modo a manter boas estradas no interior do município.

Também, na área urbana, a administração municipal está fazendo levantamento para projetar a reconstrução do asfalto na cidade, com aproveitamento da raspa do asfalto retirado da ERS-155 e que está em depósito. Esse trabalho, na ausência de condições e conhecimento técnico próprios, a prefeitura vai contratar empresa especializada para utilizar o resíduo asfáltico citado.