Caderno Rural

Projeto de estímulo à Cadeia Produtiva do Leite é o mais votado na Consulta Popular

Região Celeiro registrou mais de 9 mil votos

Foram definidos, nesta segunda-feira, os projetos que vão receber os recursos da Consulta Popular. O levantamento feito pela Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE) do Estado apontou que a área mais votada foi a da agricultura, com 170 mil votos. Conforme o resultado, esse número representa 25 projetos eleitos em 23 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), que vão receber R$ 12,8 milhões em verbas, no total.

Para o Corede Celeiro, do qual Santo Augusto e outros 20 municípios fazem parte, o projeto mais votado era a aposta do órgão. Com mais de 9 mil votos, a proposta que trata do estímulo da cadeia produtiva do leite foi escolhido. Toda a verba de R$ 742,8 mil será destinada para a realização desse projeto.

A votação foi realizada ao longo de três dias, na semana passada, e foi encerrada na sexta-feira. Nesta edição, o valor disponibilizado pelo Estado foi de R$ 20 milhões, divididos nas 28 regiões dos Coredes, o que resultou em 42 projetos eleitos pela população. A secretaria afirmou, ainda, que foram computados 253.832 votos por meio da plataforma online e de forma presencial, em alguns pontos definidos pelos Coredes.

ÁREAS DE VOTAÇÃO
Além da agricultura, as áreas de desenvolvimento, turismo, ciência e tecnologia somaram, juntas, 46,7 mil votos. Com isso, foram R$ 3,6 milhões destinados em projetos. As áreas de logística e transporte ocuparam a terceira colocação, com 9,7 mil votos e R$ 1,3 milhão em recursos para as propostas que serão executadas a partir de 2020. 

A verba destinada na Consulta Popular será inserida no orçamento do Estado. Os projetos eleitos serão executados pelas secretarias e monitorados pela SGGE. Conforme a execução é efetivada, os valores são liberados pelo governo.

No total, conforme a Secretaria de Governança e Gestão Estratégica, foram 253.832 votos computados nos 42 projetos encaminhados pelas 28 regiões do Corede.

Confira, na tabela abaixo, as áreas de mais interesse para a população gaúcha:

Área do projetoVotos computados
Agricultura170 mil
Desenvolvimento, turismo, ciência e tecnologia46,7 mil
Logística e transporte9,7 mil

 

MUDANÇAS
Neste ano, não foram elencados projetos de segurança, saúde e educação. O foco, como havia antecipado o secretário da SGGE, Claudio Gastal, foi o desenvolvimento regional, com o objetivo de fortalecer o planejamento das 28 regiões do Corede.