MENU
Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021

IMPASSE: Clube de Tiro é interditado após denúncias

IMPASSE: Clube de Tiro é interditado após denúncias

Compartilhe

O Clube de Tiro e Caça Águia SA foi alvo de denúncias e reclamações por parte de moradores que residem nas imediações. A estrutura localizada em Pedro Paiva, Santo Augusto, iniciou as suas atividades há pouco tempo e reúne dezenas de sócios. Entre as discussões do impasse, está o barulho causado pelos tiros e a proximidade da estrutura da Escola Municipal Antônio João, a qual fica cerca de 250m.
A secretaria municipal de educação, Eliane Paier, disse que recebeu um memorando da instituição relatando preocupação com a proximidade do clube e também com os alunos. A mesma salientou que todos os encaminhamentos cabíveis ao setor foram feitos e que o Ministério Público está a par do caso.
O diretor da Escola Municipal Antônio João, Leandro Radin, salientou que não é contra este tipo de esporte, porém julgou o local de instalação inadequado. “Temos preocupação com a segurança dos alunos e funcionários da Escola Antônio João. Precisamos que os responsáveis pelo clube nos passem uma segurança para podermos desenvolver nosso trabalho pedagógico com os alunos sem medo”, colocou.
O proprietário da terra onde o Clube de Tiro e Caça Águia SA, Juarez Speroni, em contato com a reportagem do jornal O Celeiro, informou que o que mais deseja é que o assunto seja esclarecido. “Eu apenas arrendei a terra e sou associado do clube. O que mais quero é que o assunto seja esclarecido. Quando foi inaugurado, o Clube de Tiro e Caça Águia SA possuía todas as licenças necessárias”, disse.
O promotor Eduardo Pohlmann, responsável pela comarca de Santo Augusto, disse que o órgão está acompanhando o caso.
Nossa equipe tentou contato com o presidente do Clube de Tiro e Caça Águia AS, porém, não obteve sucesso.

FISCALIZAÇÃO
Na manhã de ontem, quarta-feira, 01, o agente fiscal Jorge Emílio Vianna acompanhou uma ação de fiscalização promovida pelo 19º RCMEC – Regimento de Cavalaria Motorizada – Exército Brasileiro/Ministério da Defesa, em Santo Augusto, município na jurisdição da Inspetoria de Santa Rosa.
A fiscalização conjunta atendeu a uma denúncia para verificar as condições das instalações da Associação Clube de Tiro, devido à proximidade do empreendimento com a área residencial, causando insegurança à comunidade do município.
Segundo informações, foi verificada a necessidade de alguns ajustes, como ampliar a proteção de uma pista de tiro, para melhor segurança da comunidade vizinha, evitando-se, assim, quaisquer dispersões de projéteis oriundas desta pista de tiro.
Durante a ação, o Exército interditou temporariamente o Clube de Tiro, até que o profissional responsável emita um laudo de segurança das estruturas das pistas de tiro, atestando as devidas alterações para a segurança.
Durante a ação, o Exército interditou temporariamente o Clube de Tiro, até que o profissional responsável emita um laudo de segurança. Da parte do CREA-RS, em pesquisa no InfoFisc, o agente fiscal verificou a existência de um Laudo Técnico Estrutural, assim como as Anotações de Responsabilidade Técnicas (ARTs) referentes ao serviço de Projeto e Execução do Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI), ao Projeto e Execução e Instalação Elétricas em Baixa Tensão (1.000 V).
Após a ação, foi lavrado um Termo de Requisição de Documentos e Providências sobre outros serviços que exigem a responsabilidade técnica de profissionais e empresas com registro no Sistema Confea/Crea e as devidas ARTs.
Participaram da fiscalização, pelo 19º RCMEC, o 1º Sgt. Luis Antônio Theis; pela Brigada Militar de Santo Augusto/RS: 2º Sgt. Rogério Furlanetto, 1º Sgt. Anderson Lopes Galvão Barbosa, Sd. Züg, Sd. Paulo, Sd. Felipetto e Sd. Ledur.

Fotos: crea-rs.org.br

error: Content is protected !!