MENU
Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Concluído projeto do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia

Concluído projeto do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia

Compartilhe

Uma iniciativa inovadora, que irá se tornar exemplo regional em incentivo a criação de novas empresas e ideias. O Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia, localizado no centro de Santo Augusto, mesmo endereço do antigo prédio da prefeitura municipal, está em processo burocrático para início das suas obras de reforma. Quando concluída, a estrutura terá 284,80m, abrigando seis salas e um auditório, com capacidade para 60 pessoas.
No local, será instalado o projeto Incubadora Social e Tecnológica, que acontece através de uma parceria entre poder público municipal, Iffar e Associação Comercial e Industrial de Santo Augusto (Acisa) e tem como objetivo estruturar um centro motivador do empreendedorismo, gerando novos negócios, empregos e contribuindo para o desenvolvimento local e regional.
O centro empreendedor contribuirá, para a realização de treinamentos, cursos e eventos voltados à capacitação de empresários e colaboradores das empresas localizadas no município, bem como a realização de pesquisas direcionadas ao desenvolvimento dos negócios, tanto incubados como em processo de pré-incubação, além dos já consolidados.
De acordo com informações, a ideia da incubadora já existia desde 2019, porém, acabou não sendo colocada em prática por limitações financeiras e também por falta de espaço que pudesse abrigar essas empresas em incubação. Neste ano de 2021, o projeto voltou à tona e tão logo seja concluído o processo de licitação para a reforma da estrutura onde ficará localizado o Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia, seja concluída, a expectativa é de que inicie-se os trabalhos dentro de seis meses.
Inicialmente, a estrutura abrigará cerca de 40 empresas, fornecerá atendimento e orientação para 100 ideias de negócio, realizará cinco pesquisas de mercado local e criará um programa continuado de mentorias de ideias.
A expectativa é de que até fevereiro de 2022, em torno de cinco empresas já façam parte da incubadora e até maio, cerca de 150 seções estejam em processo de mentorias de negócios, as quais serão oferecidas através do Iffar, com a utilização de alunos, professores, técnicos administrativos e projetos, além da utilização das instalações do campus, se caso necessário for.
O projeto da nova estrutura foi elaborado pela arquiteta Thaís Schulz.

error: Content is protected !!